Governo da Bahia busca alternativas para o setor cultural durante a pandemia do Covid-19


Em tempos de combate à Covid-19 e isolamento social em todo estado e país, as Artes vivem um momento delicado, sem precedentes, com profissionais se reinventando para manter a Cultura ativa nas mais variadas formas. Com o intuito de potencializar essas iniciativas, o governador Rui Costa falou durante uma live na tarde do dia 12/05, sobre ações voltadas para o setor cultural da Bahia, inclusive com a possibilidade de usar a TVE. "Estamos discutindo com a Procuradoria do Estado qual o formato, qual o instrumento que dê legalidade a isso, talvez associado à TV Educativa. Algum tipo de programa, algo de atividades culturais que possam ser transmitidas pela TV e com isso remunerar esses artistas”, disse ele, sobre estratégias para socorrer os profissionais que tiveram suas atividades e receitas suspensas por causa da necessidade do isolamento social.


“Estamos formatando com a Secretaria de Cultura, mas isso não consegue alcançar todas as linguagens, todas as áreas. Mas, nós estamos trabalhando nessa ideia, até porque, além desse período crítico, vamos demorar um tempo para que a arte, a cultura, os shows, eventos, teatros possam voltar a funcionar. Então vai durar mais tempo”, completou Rui. A Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), junto a 25 outros órgãos estaduais de cultura do Brasil também assinou uma carta aberta em apoio à aprovação de um Projeto de Lei com este fim, no Congresso Nacional. A proposta para a criação da Lei Nacional de Emergência Cultural foi discutida pelo Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura. A carta segue angariando novas assinaturas na tentativa de conseguir sensibilizar o governo Federal.

Funceb lança 8ª edição do Calendário das Artes e premiará 200 propostas virtuais em todo o estado


Como mais uma ação neste sentido, a Fundação Cultural do Estado (Funceb/SecultBA) lançou a 8ª edição do projeto Calendário das Artes, e vai premiar 200 propostas nos diversos territórios de identidade do estado que estimulem a produção, criação e fruição das artes através de plataformas virtuais. Inscrições online e gratuitas vão de 13 de maio a 1º de junho de 2020.


O Calendário das Artes 2020 - 8° Edição é voltado para artistas baianos integrantes de todos territórios de identidade. O edital é um mecanismo de incentivo a projetos artístico-culturais de pequeno porte, podendo concorrer propostas inéditas nos seguintes segmentos: Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas (propostas que envolvem mais de uma destas áreas artísticas). A inscrição é gratuita e será feita por meio de preenchimento de formulário online.


Esta 8ª edição do Calendário das Artes se soma às demais iniciativas de políticas públicas no contexto de enfrentamento da Covid-19, atendendo a um dos princípios e objetivos orientadores da Política Estadual de Cultura que determina “a integração com as demais políticas públicas do Estado”.


Serão premiadas 28 propostas por Macroterritório da Bahia (6). De Salvador serão selecionadas 32 propostas. Ao total, 200 propostas serão selecionadas pela Fundação Cultural, disponibilizando recursos de R$ 500 mil em todo edital. Cada proposta será premiada no valor de R$ 2.500,00.


“O modelo desta premiação é um exemplo muito simbólico de estímulo à criação artística com a justa compreensão das diversidades territoriais. Com as restrições de circulação social, estes princípios tornam-se ainda mais importantes. A inscrição por Pessoa Física possibilita o alcance de um número maior de artistas e, mesmo as propostas individuais trarão em sua execução o envolvimento, tanto de profissionais da cena como das áreas técnicas. Vislumbramos neste cenário, alcançar, minimamente, 400 artistas na materialização das ideias premiadas”, mensura a diretora geral da Funceb, Renata Dias.


O resultado final da produção artística premiada será entregue no formato de conteúdo digital, registrados em vídeos que podem ser realizados com qualquer tipo de equipamento (celulares e/ou filmadoras). Os mesmos serão publicados nas plataformas virtuais institucionais da Funceb (Youtube, Redes Sociais), nas redes sociais da TVE, e em plataformas pessoais dos proponentes, de modo a ampliar a divulgação artística.


Nas sete edições do Calendário das Artes, a FUNCEB já disponibilizou mais de R$ 4 milhões para a execução de 317 projetos, contemplando todos os 27 Territórios de Identidade do estado.


SERVIÇO Calendário das Artes 2020 - 8° Edição Como: premiação de 200 propostas em Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas. Inscrições online: 13 de maio a 1° de junho de 2020 (www.funceb.ba.gov.br) Gratuito


Fonte: SecultaBA

Foto: Nelson Souza Fotografias

Tags:

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 - Criado pela Agência Andrade Comunicação e Marketing 

Contate-nos: 75 9 91211904 | 75 9 98317900 | vanessa.cultura.bsul@gmail.com