Gestores e representantes da cultura popular do Baixo Sul participam de oficina de projetos

O município de Cairu recebeu, na segunda-feira (17), a Oficina de Projetos Para Grupos das Culturas Populares e Identitárias do Baixo Sul. O evento teve carga horária de 10 horas, e reuniu gestores e representantes das cidades de Cairu, Ituberá, Camamu, Taperoá e Nilo Peçanha. A ação é uma parceria da Prefeitura de Cairu com o Centro de Culturas Populares e Identitárias, da Secretaria de Cultura da Bahia.

Participaram integrantes das manifestações das marujadas, samba de roda, zampiapunga, capoeira e artesanato. A atividade foi um desdobramento do Seminário no Baixo Sul, que aconteceu no dia 28 de maio, em Ituberá.

A oficina foi ministrada por André Reis, diretor do CCPI, que trouxe como foco a elaboração de projetos para a cultura popular. “Nesse segundo encontro também trabalhamos a ideia de criar a Rede Popular do Baixo Sul. É uma ação que vai movimentar a relação da cultura popular através de ações entre Secult, UFRB e movimentos culturais, além das prefeitura da região do baixo sul”, explica Reis. Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) é responsável pela execução, proteção e promoção das políticas públicas de valorização e fortalecimento das manifestações populares e de identidade, orientadas de acordo com o pensamento contemporâneo da Unesco e do Ministério da Cultura. Seu campo de atuação contempla a cultura do sertão, de matrizes africanas, ciganas e indígenas, LGBTQ+, infância e idosos. Coordena a programação artística dos largos do Pelourinho e suas grandes festas populares.

Tags:

BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png
001.jpg
Posts Em Destaque
213273523_209526754388278_45482012108582523_n.jpg
67484017_2357855327663661_331651640815779840_n.jpg
Procurar por Tags
Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social