Lei Maria da Penha foi tema de relevante palestra em Valença

Aconteceu nesta quarta-feira (08.08), no auditório da sede da OAB Subseção Valença, o I Encontro: Dialogando com a Lei Maria da Penha e seus Avanços. Um evento que contou com a parceria do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar - CRAM Valença, Secretaria Municipal de Promoção Social e OAB Valença.


O evento teve como palestrantes a delegada Argimária Soares, o delegado de Polícia Civil Júnior Braga, a coordenadora executiva das Ações Temáticas da Secretaria Estadual de Políticas para Mulheres Jucinalva Peruna, e o capitão da 33ª CIPM Franklin Coutinho. O presidente da OAB Valença, Marcelo Albuquerque, ressaltou a importância da abordagem do tema, visando a conscientização da sociedade para que novos casos de violência não aconteçam.

A delegada Argimária fez um breve histórico sobre a evolução das mulheres ao longo dos séculos e chamou a atenção para os primeiros sinais de violência, assim como seus variados tipos. “Os pensamentos machistas de homens e mulheres por muito tempo dificultaram bastante o atendimento às vítimas e a aplicação da Lei”, esclareceu. “E mais, enquanto as mulheres justificarem as condutas dos homens, a violência não acabará. Aproveito esta oportunidade para solicitar que os demais municípios do Baixo Sul colaborem com o CRAM Valença, afinal ele é um instrumento que atende todo o Território”.


O delegado Braga explanou de forma clara e detalhada as peculiaridades da Lei Maria da Penha, e citou vários exemplos sobre a sua aplicação. Foi bastante aplaudido pelos presentes e citado como referência na região, pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo em parceria com o CRAM Valença. Jucinalva Peruna reafirmou as palavras dos demais palestrantes e fez um breve relato sobre os avanços das políticas de conscientização e proteção no Estado. Enumerou as rondas, delegacias especializadas e Centros de Referência espalhados pela Bahia. “Concordo que há uma necessidade de reforçarmos a pactuação de todos os municípios do território Baixo Sul com o CRAM Valença. Também informo a vocês sobre o pacto firmado com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, com o objetivo principal de proporcionar formação para o efetivo das polícias. Uma ação que vai gerar avanços nos atendimentos e condutas”, afirmou Peruna.


Diversas instituições estavam representadas no evento, inclusive de municípios como Cairu, Gandu e Ituberá. “O I Encontro foi um sucesso! Gostaria de agradecer publicamente as pessoas que junto com a equipe do CRAM tornaram possível esse momento de discussão e entendimento da Lei: Secretária municipal Margarete Moura, José Bonfim, SEMPROS, Marcelo Albuquerque e toda equipe OAB Valença, Comissão de Mulheres da OAB, vereador Mateus Passos, prefeito Ricardo Moura, Aepeti Valença, Programa de Aquisição de Alimento e todos os palestrantes”, comemorou Luciane Silva, coordenadora do CRAM Valença.


EXIJA SEUS DIREITOS! ESTÁ NA LEI MARIA DA PENHA 11.340/2006!

COMPROMETA-SE. VOCÊ TEM VOZ. VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER, NÃO!

"Nós somos mulheres. A força nos encontra."

Fotos: V1 Comunicação - Vanessa Andrade

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 - Criado pela Agência Andrade Comunicação e Marketing 

Contate-nos: 75 9 91211904 | 75 9 98317900 | vanessa.cultura.bsul@gmail.com