top of page
BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

W. GUIMARÃES: Prefeitura e Polícia Militar realizam cerimônia de formatura de nova turma do PROERD


206 alunos das escolas municipais Fernando Ferreira de Moura, Michelina dos Reis Lopes, Leopoldo Henrique Knoedt e Jorge Amado foram contemplados com medalhas do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência.


Nesta quinta-feira (15), aconteceu mais uma cerimônia de formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), em uma parceria da Polícia Militar da Bahia, com a Prefeitura de Wenceslau Guimarães, por meio da Secretaria da Educação e que contou a participação das famílias dos alunos formandos da turma de 2022.


Neste ano, 206 alunos da sede e da comunidade do Rio Preto, entre 10 e 14 anos, foram atendidos com aulas semanais, com módulo de ensino da Polícia Militar da Bahia. O SD Guimarães, instrutor do PROERD, avaliou de forma positiva e satisfatória o desempenho e dedicação dos alunos em sala de aula. “Muito feliz por mais uma vez ter completado esse ciclo. Essa foi uma formatura histórica aqui para o município de Wenceslau Guimarães, pois conseguimos alcançar escolas que até então não eram contempladas pelo programa. Conseguimos ampliar nesse semestre e atingimos a marca, só nesse semestre, de 206 alunos formandos no programa e a nossa perspectiva de aumentar a cada ano a quantidade de alunos”, afirmou Guimarães.

Os alunos formandos fazem parte das escolas municipais Fernando Ferreira de Moura, Michelina dos Reis Lopes, Leopoldo Henrique Knoedt e Jorge Amado.


A cerimônia contou com a presença do Prefeito Carlos Alberto Liotério “Kaká”, do Vice-Prefeito Misael Santos, do Secretário da Educação Marcos Antônio, do secretário da Administração Vaílson Silva, do Major PM Polako Povoas Santos, Comandante da 60ª CIPM/Gandu, além dos instrutores dos alunos, diretores escolares e vereadores.


O PROERD consiste num esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família. Atende alunos do 5º ano, por um período de seis meses, com aulas ministradas por um professor Policial Militar e o conteúdo programático envolve temáticas relativas às drogas e à violência.

Os alunos formandos fazem parte das escolas municipais Fernando Ferreira de Moura, Michelina dos Reis Lopes, Leopoldo Henrique Knoedt e Jorge Amado.


A cerimônia contou com a presença do Prefeito Carlos Alberto Liotério “Kaká”, do Vice-Prefeito Misael Santos, do Secretário da Educação Marcos Antônio, do secretário da Administração Vaílson Silva, do Major PM Polako Povoas Santos, Comandante da 60ª CIPM/Gandu, além dos instrutores dos alunos, diretores escolares e vereadores.


O PROERD consiste num esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família. Atende alunos do 5º ano, por um período de seis meses, com aulas ministradas por um professor Policial Militar e o conteúdo programático envolve temáticas relativas às drogas e à violência.

O Secretário Municipal da Educação, Marcos Antônio, agradeceu a parceria do município com a Polícia Militar da Bahia e destacou as 206 crianças que se formaram na turma de 2022. “Foi um evento maravilhoso onde nós tivemos aqui 206 crianças da rede pública de Wenceslau Guimarães e a gente ficou maravilhado com a forma como eles interagiram nesta formatura”, afirmou.


Tatiana Oliveira, mãe de aluna, ressaltou que o PROERD é importante, pois protege as crianças da violência e das drogas. “Como mãe, fico feliz com esse programa que desperta nossas crianças a não quererem estar se envolvendo com coisas erradas. Ficamos felizes em ver que na nossa escola, na nossa cidade, está tendo esse projeto para despertar esse conhecimento nos nossos filhos”, citou.


O Capitão PM Vitor Maia, Coordenador Setorial do PROERD, destacou a importância da parceria institucional entre a PM e o Poder Público. “O PROERD é um programa institucional que vem, cada vez mais, mantendo o seu Know How na nossa região. Desta vez são 206 alunos formados com o compromisso de dizer não às drogas e de resistir a qualquer situação de violência. São crianças do 5º ano que agora seguem para um novo momento em suas vidas, pois vão entrar no Ensino Fundamental com a certeza de que são entendedoras da necessidade de dizer não há vários tipos de violência e do uso de drogas ilícitas”, completou.

Saiba mais

A história do PROERD surgiu no Rio de Janeiro, em 1992, mas o modelo adotado teve origem nos Estados Unidos, em 1983, e hoje o programa é desenvolvido em cerca de 60 países.


É classificado como um programa de caráter social e preventivo, cujo lema é “Nossas crianças longe das drogas”, posto em prática em todos os estados do Brasil, por policiais militares devidamente selecionados e capacitados, que atuam em escolas das redes públicas e privadas.



Fonte: Ascom PMWG

Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
bottom of page