top of page
BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

W.Guimarães: Município sediou encontro regional da Unidade de Acolhimento de Crianças e Adolescentes


Unidade de Acolhimento Regionalizada de Wenceslau Guimarães atende outros sete municípios: Camamu, Ituberá, Piraí do Norte, Teolândia, Itamari, Ubaíra e Ibirataia.


O município de Wenceslau Guimarães, no Baixo Sul, está recebendo durante toda esta semana, uma equipe técnica da Central Estadual de Acolhimento, representada pela supervisora, Sandla Wilma Barros e pela técnica, Carmen Costa, para um monitoramento na Unidade de Acolhimento Institucional Regionalizada para Crianças e Adolescentes.


Wenceslau é sede dessa unidade que é gestada em parceria com o Estado, através de um Termo de Aceite para atender outros sete municípios vinculados: Camamu, Ituberá, Piraí do Norte, Teolândia, Itamari, Ubaíra e Ibirataia. O Estado coordena o processo, monitora as unidades regionais e assessora os municípios.


Profissionais do CRAS, CREAS, CMDCA, Conselhos Tutelares, assistentes sociais, psicólogos, advogados, secretários municipais e os novos conselheiros e conselheiras tutelares se reuníram nesta quarta-feira (13), na sede do CRAS de Wenceslau Guimarães.


A supervisora da Central Estadual de Acolhimento, Sandla Wilma Barros, informou que além do monitoramento e do assessoramento aos oito municípios vinculados, a Central também trabalha o fluxo de acolhimento de crianças e adolescentes e como os municípios devem atuar enquanto essas crianças estão acolhidas. “A gente reúne os técnicos gestores desses municípios para um trabalho de assessoramento, tirar dúvidas, explicar como é esse fluxo para que este acolhimento seja o mais seguro possível e para que a gente dê uma proteção mais integral a todas essas crianças e adolescentes”, disse.

Ela avaliou positivamente a estrutura da unidade, pois se trata de um imóvel novo, com espaço suficiente para atender bem os acolhidos. Nesta sexta-feira (15), haverá um encontro com o prefeito Kaká e com o secretário da pasta, Marivaldo Sales, para uma avaliação mais detalhada da unidade e apresentação de propostas para novas intervenções a fim de qualificar ainda mais o atendimento oferecido pelo município.


“A equipe vem atuando já há três anos. É uma equipe preparada para dar um bom atendimento a essas crianças e adolescentes. Esses profissionais também têm recebido nossa supervisão e assessoramento”, pontuou Sandla. Com capacidade para atender até vinte crianças e adolescentes, a unidade abriga atualmente onze menores.


Joice Viera Nunes, Coordenadora da Unidade de Acolhimento Regionalizada, em Wenceslau Guimarães, explicou a importância de o município estar recebendo o apoio técnico da Central Estadual de Acolhimento e aos municípios vinculados, com o objetivo de fortalecer e garantir a rede de direitos de crianças e adolescentes.


“Temos no nosso município uma unidade de acolhimento regionalizada, que atende sete municípios vinculados. É uma unidade bem confortável, na qual a gente garante o bem-estar dessas crianças e adolescentes que tiveram os seus direitos violados e vínculos familiares fragilizados. Damos o apoio que eles merecem, o direito de estudar, o direito de ir e vir. Estamos ali para proteger aquela criança e garantir o seu direito”, afirmou Joyce.


Participante do encontro, a secretária da Assistência Social de Ituberá, Camila Silva, ressaltou a importância da união entre os municípios vinculados e parabenizou Wenceslau Guimarães pelo trabalho que vem realizando. “A casa de acolhimento de Wenceslau Guimarães vem contribuindo muito para essa proteção, porque as crianças, muitas vezes, elas precisam desse carinho. Esse vínculo que às vezes foi rompido ou foi fragilizado e a gente super entende que o município tem papel fundamental nesse processo. Ressalto a importância dessa rede de acolhimento e parabenizo o município de Wenceslau Guimarães pelo trabalho que vem efetuando”, disse a secretária.


A equipe técnica da Secretaria Estadual da Assistência e Desenvolvimento Social permanece no município até esta sexta-feira (15), seguindo uma agenda de atividades com as equipes da Secretaria Municipal da Assistência e Promoção Social/Unidade de Acolhimento Regionalizada.




Fonte: Ascom

Fotos: Marcelo Dutra


Kommentare


Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
bottom of page