BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

VALENÇA - Escola Educativa inova mais uma vez com show de humor de Pisit Mota para os papais


A Escola Educativa inovou mais uma vez e presenteou os papais com um espetáculo divertido de um artista que é considerado um dos melhores humoristas da Bahia: Pisit Mota. O evento aconteceu na noite de sexta-feira (12), com a apresentação emocionante de um coral de alunos. Com cerca de 500 pessoas, o Clube Bola Cheia reuniu uma plateia animada e participativa, não apenas de papais, mas de diversas pessoas que cumprem este papel no dia a dia.


Pisit Mota é ator, educador, humorista. Graduado na Universidade Federal da Bahia e pesquisador da violência no ambiente educacional. Dentre outras particularidades, ele leva para o público, histórias de personagens que tornam a Bahia mais divertida. Através destes recursos o artista imprime seu humor e irreverência sobre as principais questões sociais e culturais presentes em nossas vidas, questionando de forma respeitosa diversas situações e temas, como: a homofobia e o preconceito social, a violência cultural e psicológica acometida pelo caos social urbano e a falta de respeito com as minorias.

Neste show em especial, Pisit abordou a importância da educação e do acreditar, como condições essenciais para um futuro mais feliz. "Foi muito bacana homenagear os pais, as famílias e os educadores que se dedicam da melhor forma possível na formação dessas novas gerações", comentou. Durante o espetáculo, o humorista também dedicou elogios e um reconhecimento especial ao trabalho da fundadora da Educativa, Aldenize Reis. Aplaudida de pé pelo público.


Aline Reis, filha e atual braço direito de Aldenize na condução das duas unidades escolares (Educativa Graça e Educativa Novo Horizonte), agradeceu as famílias que prestigiaram o evento, a toda equipe de colaboradores da empresa e aos apoiadores pela parceria em prol da valorização da cultura no município. "Estamos felizes por proporcionar uma noite cultural, repleta de sorrisos e alegria. Só recebemos elogios, o que prova que nosso objetivo foi alcançado. A satisfação de pais e alunos é a nossa maior conquista", ressaltou Aline Reis.

Aldenize e Aline Reis na companhia de Pisit Mota

O evento contou com um apoio logístico cultural da Bendita Gráfica, da V1 Comunicação/site Baixo Sul em Alta, da Pousada Nativa (localizada na Praia do Guaibim), da Tapiocaria da Irmã Dalma (também no Guaibim), do Centro de Reabilitação de Joelho Marcos Andrade e do Restaurante Amoré & Sushi Valença. "É muito bacana quando empresas abraçam e incentivam a cultura nos municípios. Isso prova que os empresários não pensam apenas no consumo ou venda de produtos e serviços, mas também no lazer, entretenimento e cultura dos seus clientes. Minha total gratidão e reconhecimento", ressaltou Pìsit Mota.


O ator

Pisit Mota é ator e Educador, graduado na Universidade Federal da Bahia. No seu currículo artístico constam mais de 30 filmes, dentre eles: “Na Terra do Sol”, “Folhinha Verde”, “Quem é Marginal”, “Reversos”, “Diga Alô”, “Pau Brasil”, “Rodavlas Ed Lavanrac”, “Quincas Berro D’Água”, “O Homem que não dormia”, “ A Pelada”, “Rimund e o Futibó”, “Cães”.


Na TV Pisit Mota, além de atuar como garoto propaganda em diversas campanhas, participou do seriado humorístico A diarista da TV Globo; O Pulo do Gato, na TV Brasil e O Posto, na TV Futura. Durante cinco anos consecutivos Pisit Mota desenvolveu criações humorísticas para a TV Educadora da Bahia e TV Futura, visando dinamizar as transmissões do Carnaval e São João; além do quadro ‘Fala, Pisit’, no Rede Bahia Revista, da TV Bahia (Rede Globo).


Desde de 2010, Pisit se destaca junto ao canal da +1 Filmes dentro do cenário baiano de produção audiovisual independente direcionada para a internet. A proposta é criar e realizar suas próprias produções utilizando um humor irreverente em cenas do cotidiano de quem vive na Bahia. Pisit atua em vídeos como O Baleiro do Amor, Capoeira Kid e Guerra de Flanelinhas.


No Teatro Pisit Mota atuou em “Capitães de Areia” (direção de Lelo Filho e Fernanda Paquelet – Cia. Baiana de Patifaria), “O Capataz de Salema”, “A Vida de Irmã Dulce” (direção Deolindo Checcuci), “A gema do ovo da ema”, “Os cinco últimos fugitivos do juízo final” e “Camila Becker” (direção de Fernando Guerreiro).


Com a peça “Deus Danado”, dirigida por Alda Valéria, Pisit Mota ganhou o Prêmio Braskem de Teatro de Melhor Ator em 2004, Melhor Ator Nordestino de Teatro em 2004 e Melhor Ator no Rio Cena Internacional Contemporânea, em 2005, no Rio de Janeiro.





Por Vanessa Andrade






Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social