Vacinação contra a febre aftosa começa neste sábado na Bahia


Foi realizada, na última terça-feira, a terceira edição do Fórum Estadual sobre Febre Aftosa. Em formato online, a atividade reuniu representantes da ADAB, Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia, que responde pelo serviço veterinário oficial, e setores governamental e de produtores, para ratificar a responsabilidade compartilhada da vacinação contra a doença. A Bahia se mantém livre da Febre Aftosa há 24 anos, através de duas etapas de vacinação anual. Em 2021, a primeira delas começou neste sábado (01/05). O diretor geral da ADAB, Maurício Bacelar, alerta que os produtores que não vacinarem os animais terão as propriedades interditadas e serão multados.


A campanha vai até o dia 31 de maio e é destinada aos bovinos e bubalinos de todas as faixas etárias. A previsão é imunizar cerca de 10 milhões de animais. O diretor Bacelar ressalta que é preciso declarar a imunização do rebanho.


Um dos assuntos mais debatidos no Fórum foi a evolução dos preparativos para que, em maio de 2023, a Bahia solicite oficialmente à Organização Mundial da Saúde Animal, o status de zona livre sem vacinação. Isso vai valorizar os produtos da agropecuária do Estado e ampliar o acesso aos países mais exigentes no controle sanitário.


A Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa na Bahia acontece em duas etapas:

1ª Etapa: 1° a 31 de maio para todo o rebanho bovino e bubalino.

2ª Etapa: 1° a 30 de novembro para o rebanho bovino e bubalino com idade de 0 a 24 meses.

Operação:

A Diretoria de Defesa Sanitária Animal (DDSA) da ADAB indica a seguinte prática:

- Adquirir quantitativo de doses de vacinas compatível com o rebanho a ser vacinado;

- Adquirir vacinas em Casas Revendedoras cadastradas na ADAB;

- Vacinar os animais conforme indicação técnica (dose, agulha, local de aplicação, sem estresse, etc.);

- Após a vacinação e de posse do Cupom Fiscal e listagem dos animais vacinados por sexo e faixa etária fazer a Declaração obrigatória em um dos escritórios da ADAB;

- Lembrar que apenas vacinar os animais não oficializa a vacinação. É necessária e obrigatória a Declaração para que o cadastro fique liberado para movimentação de animais e emissão de Documentos Sanitários;

- O procedimento é o mesmo para a vacinação dos animais com idade até 24 meses;

- Declarar a vacinação no escritório da ADAB mais próximo, lembrando que aquele criador que não possuir animais abaixo de 24 meses, devem declarar todos os animais existentes.


Posts Em Destaque
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square