top of page
BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Vídeo com estudante baiano viraliza mundialmente após post de Leonel Messi


Um dos maiores ídolos do futebol mundial, o argentino Leonel Messi, divulgou em suas redes sociais a história de Domingos José dos Santos, 35 anos, estudante baiano, oriundo da rede estadual de ensino, que possui deficiência visual. O post conta a história de vida e superação de Domingos, após o uso dos óculos OrCam MyEye 2.0, um dispositivo que permite, de forma simples, a leitura automática de diversos elementos, como textos, telas, rostos e objetos, melhorando a autonomia, independência, inclusão e qualidade de vida. O vídeo já alcançou mais de dois milhões de visualizações.


O equipamento de Domingos foi entregue a ele pela Secretaria da Educação da Bahia (SEC), em 2021, como parte do Programa de Educação Inclusiva, quando ainda estudava no Colégio Democrático Professor Rômulo Galvão, no município de Elísio Medrado. Atualmente, ele faz o 4º semestre do curso de Direito da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).


No vídeo, Messi fala sobre a melhoria de vida das pessoas cegas ou com perda de visão, como o estudante baiano, com o uso do aparelho. “É uma tremenda satisfação ajudar a vida de pessoas cegas e com perda de visão, graças a OrCam. Isto é mágico”, destaca Messi. No post, Domingos revela um dos mais emocionantes momentos de sua história, quando, a partir do uso do OrCam, conseguiu fazer pela primeira vez a leitura de um livro físico.


O universitário vibrou com a viralização do post de Messi. “Estou feliz que tenha acontecido isso porque, assim, mais pessoas vão assistir. A tecnologia veio para tornar este mundo mais inclusivo. O aparelho transformou a minha vida. Temos que acreditar mais na educação e nas transformações que ela proporciona, principalmente quando caminha lado a lado com a tecnologia”, afirma.


Inclusão – Ao todo, 165 óculos OrCam foram entregues em 2021 e 2022. Atualmente, está em curso a aquisição de mais de mil óculos para que sejam beneficiados todos os estudantes cegos ou com baixa visão matriculados na rede estadual de ensino, em 2023, em todos os 27 territórios de identidade baianos. Um investimento previsto é de mais de R$ 24 milhões.





Fonte: Ascom/SEC

Comments


Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
bottom of page