Raimundo Costa cobra solução de inconsistências no Registro Geral dos pescadores brasileiros


Pescadores encontraram problemas no momento do recadastramento, como a instabilidade de servidores, morosidade no cadastramento e erro no processamento de dados emitidos na carteirinha


Em audiência no dia 27 de outubro, pescadores e marisqueiras enviaram dúvidas através do deputado Federal Raimundo Costa (PL), ao Secretário de Nacional da Pesca, Jorge Seif Jr. O deputado, que defende a pesca artesanal no estado da Bahia, buscou respostas as dificuldades que os profissionais encontraram no novo SisRGP 4.0.


O Registro Geral da Pesca (RGP) foi atualizado no mês de junho de 2021, após oito anos de espera. O Ministério da Agricultura classificou o momento como “muito importante”, pois os pescadores ao migrarem para o novo sistema contarão com funcionalidades e facilidades de uma plataforma 100% on-line, na qual eles poderão efetuar solicitações, tais como edição de dados e impressão de segundas vias de licença sem necessitar se deslocar até uma unidade física para requisitar um ou mais serviços públicos.


Entretanto, pescadores encontraram problemas no momento do recadastramento, como a instabilidade de servidores e morosidade no cadastramento e erro no processamento de dados emitidos na carteirinha. “Seguimos cobrando e buscando destravar qualquer tipo de impedimento que prejudique nossos pescadores artesanais. A Bahia e a pesca têm representante”, garantiu Costa.



Fonte/foto: Assessoria


BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png
001.jpg
213273523_209526754388278_45482012108582523_n.jpg
67484017_2357855327663661_331651640815779840_n.jpg
Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social