BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

O volume de serviços na Bahia cresceu 0,9% em agosto de 2022


O volume de serviços na Bahia em agosto de 2022 cresceu 0,9%, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. As informações com foco no segmento baiano, analisadas nesta sexta-feira (14) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), constam na Pesquisa Mensal de Serviços, realizada pelo IBGE. Na comparação com julho de 2022, aumentou 0,9%, com ajuste sazonal. O volume de serviços na Bahia avançou 3,8%, em relação ao mesmo mês do ano anterior. Três das cinco atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para as atividades de Serviços prestados às famílias (24,8%), que contabilizaram a décima sétima variação positiva consecutiva mais expressiva. Seguidas pela atividade de Outros serviços (6,9%). Depois, Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (3,5%). Por outro lado, Serviços de informação e comunicação (-3,8%) e Serviços profissionais, administrativos e complementares (-0,7%) contribuíram negativamente. A receita nominal de serviços na Bahia cresceu 15,6% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Quatro das cinco atividades puxaram a receita de serviços para cima, com destaque para as atividades de Serviços prestados às famílias (33,6%). Seguidas pela atividade de Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (21,5%). Depois, Outros serviços (16,5%) e Serviços profissionais, administrativos e complementares (7,1%). Por outro lado, apenas Serviços de informação e comunicação (-3,2%) retraiu. Na comparação com julho de 2022, a receita nominal de serviços, apresentou estabilidade 0,0%, com ajuste sazonal, o indicador acumulado do ano ampliou 21,1% e o indicador acumulado dos últimos 12 meses aumentou 19,2%.


Ascom SEI BA

Foto: Vanessa Andrade

Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social