IDES propõe documentário Trilha Patrimonial Caretas e Zambiapungas


Patrimônios imateriais estão sendo mapeados em Valença, Taperoá, Nilo Peçanha e Cairú


Zambiapunga: Zambi (Deus) + Punga (homem) – Deus supremo do povo bantu.


Esse é o significado do nome de uma das maiores manifestações culturais da região Baixo Sul, um Patrimônio Cultural Imaterial do Estado e que agora está sendo objeto de pesquisa do projeto “Trilha Patrimonial Caretas e Zambiapungas”, proposto pelo Instituto de Desenvolvimento sustentável do Baixo Sul da Bahia (IDES).


O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria da Cultura e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia – IPAC – Programa Aldir Blanc Bahia, via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


O objetivo é salvaguardar o patrimônio imaterial Caretas e Zambiapungas do Baixo Sul, através dos saberes e fazeres dos mestres e detentores destas práticas tradicionais. A Zambiapunga é um fenômeno rico com suas vestes, danças e músicas que se distinguem entre as 4 cidades. “O filme vai resgatar um pouco das particularidades dessa cultura, tentar compreender essas diferenças dentro de um conjunto que também se faz único e singular no Brasil, já que só é encontrada aqui”, disse o cineasta, Lula Oliveira.


Na primeira etapa (pré-produção) foi realizada a identificação e mapeamento dos pontos de referência nos quatro municípios (Valença, Taperoá, Nilo Peçanha e Cairú), onde ficam baseados os grupos. No último dia 26 de fevereiro foram registradas imagens do grupo folclórico Zambiapunga em Taperoá. Seguindo um processo de filmagens, pesquisas e depoimentos, o projeto culminará na produção de um documentário e um livro sobre este tão importante bem cultural, garantindo sua perpetuidade.



Fonte: Ascom/IDES

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 - Criado pela Agência Andrade Comunicação e Marketing 

Contate-nos: 75 9 91211904 | 75 9 98317900 | vanessa.cultura.bsul@gmail.com