Governo entrega Casa de Apoio à Mulher com Câncer e Centro de Ensino e Pesquisa em Salvador


Nesta terça-feira (08/03), o governador Rui Costa, junto com a secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, inauguraram a Casa de Apoio à Mulher com Câncer (CAMC) e o Centro de Ensino e Pesquisa, ambos localizados no bairro do Monte Serrat, na capital. Com a CAMC, as mulheres do interior que fazem tratamento contra o câncer no Hospital da Mulher passam a ter todo o auxílio e infraestrutura de uma casa de acolhimento. A entrega compõe parte das homenagens do Governo do Estado ao Dia Internacional das Mulheres.


Planejada para garantir a continuidade do tratamento de pacientes que residem em municípios distantes de Salvador, a Casa de Apoio oferece hospedagem, terapias ocupacionais, atendimento nutricional e psicológico. O investimento da obra foi de R$ 3,3 milhões. O local tem a capacidade de acolher e hospedar 45 mulheres.

“Os espaços vão dialogar com o Hospital da Mulher e vão buscar abrigar pesquisas sobre os cânceres que envolvem as mulheres e também funcionará como uma casa de acolhimento para a mulher socialmente vulnerável que precisa fazer o tratamento e mora em alguma cidade da Bahia. Agora, ela vai ser acolhida ali durante todo o processo de atendimento”, detalhou o governador.


Pesquisa

A Casa e o Centro de Ensino e Pesquisa oferecem um serviço integrado em prol da assistência imediata de pacientes, além de um polo de pesquisa sobre o tratamento do câncer. Com investimento superior a R$ 2 milhões, o centro é composto por sala de recepção, Centro de Processamento de Dados (CPD), salas de reunião e informática, salas de freezers e insumos, midiateca, sala de treinamento e um auditório.

Para a secretaria da Saúde, esse Dia das Mulheres é ainda mais especial pela entrega da estrutura. “Uma unidade que vai se voltar para duas questões. Uma sobre o estudo e conhecimento sobre mulheres e demandas de mulheres na Bahia e a outra a unidade integrada, que é a Casa de Apoio. Esta unidade está voltada a acolher mulheres que estão em tratamento ontológico e preferencialmente tem o seu domicilio a mais de 110 quilômetros da capital e que terão essa estrutura de apoio, que envolve um lugar para dormir, para cuidar da higiene, um lugar para relaxar e ser cuidada”, celebrou Adélia Pinheiro.


Secretárias de outras pastas estaduais acompanharam o evento, entre elas Arany Santana (Cultura), Julieta Palmeira (Políticas para as Mulheres) e Fabya Reis (Promoção da Igualdade Racial).

Pacientes celebram

Em tratamento de câncer no Hospital da Mulher, Rosinete Sousa Ribeiro, 51 anos, moradora do município de Ruy Barbosa, destacou a importância do acolhimento que a unidade vai oferecer. “Para mim, que não resido em Salvador, o custo de me manter aqui, durante o tempo de tratamento, é muito alto, mas agora eu vou receber essa grande ajuda na minha vida”, comemorou.





Fonte: Secom BA

Foto: Manu Dias/GOVBA

BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png
001.jpg
213273523_209526754388278_45482012108582523_n.jpg
67484017_2357855327663661_331651640815779840_n.jpg
Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social