BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Forças Armadas devem receber mais de R$ 110 milhões do TSE para atuarem nas eleições


Valor é o dobro do que foi gasto nas eleições de 2018

As Forças Armadas devem receber R$ 110,6 milhões do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para atuar na realização do primeiro e segundo turno das eleições deste ano. A informação foi divulgada pela jornalista Malu Gaspar, do Jornal O Globo.


Ainda de acordo com a matéria, o valor é o dobro do que foi gasto nas eleições de 2018 – R$ 54,9 milhões. E mesmo considerando a inflação de 27,06% acumulada no período, ainda é bem maior do que o que foi gasto há quatro anos.


Ao jornal, o TSE explicou que a distribuição das verbas, que é decidida em conjunto pelo TSE com as Forças, mostra que o Exército deve ficar com a maior parte (75,7%) da verba – R$ 83,8 milhões. Aeronáutica e Marinha devem receber, cada uma, R$ 14,9 milhões e R$ 11,9 milhões, respectivamente.


Vale reforçar que a previsão de gastos do TSE com os militares engloba tanto o serviço logístico de envio das urnas eletrônicas para os diversos rincões do país (por caminhões, aeronaves, barcos e helicópteros) quanto os recursos necessários para as chamadas “Garantia da Votação e Apuração” (GVA), que é quando as Forças Armadas são chamadas para garantir a ordem pública em regiões consideradas perigosas.





Fontes: Bahia.ba / Jornal O Globo

Foto: Divulgação/Governo Federal


Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social