BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Educação no Campo é pauta de encontro da SEC com MST


Secretário Jerônimo Rodrigues, destacou avanços no fortalecimento da compra de alimentação escolar; o programa de reflorestamento nas escolas; e a política de melhorias na infraestrutura.


A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) realizou, nesta terça-feira (5), um encontro com líderes estaduais e nacionais do Movimento Sem Terra (MST), para dialogar sobre a Educação no Campo.


Na pauta estiveram presentes temas como agricultura familiar; alimentação escolar; melhorias de infraestrutura em unidades de ensino; cursos de Educação Profissional e Tecnológica; reflorestamento; e novas possibilidades pedagógicas para os estudantes do campo e de assentamentos.


Para o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, o diálogo constante possibilita mais avanços na Educação da população que reside no campo. “Estamos dando continuidade a uma agenda de diálogo com o MST sobre a educação das escolas no campo, em especial as de assentamentos. Além disso, conversamos sobre o fortalecimento da compra de alimentação escolar; o programa de reflorestamento nas escolas; e a política de melhorias na infraestrutura das unidades. Acordamos um calendário de visitas que vão propiciar um maior cuidado com o tema e as melhorias no ensino“.

Sintia Carvalho, representante do setor de Educação no MST no Estado, disse que o encontro trouxe uma perspectiva positiva para a Educação no Campo em assentamentos. “Saímos da reunião com muitas expectativas, incluindo os avanços no campo pedagógico e a resolução de demandas sobre transporte e alimentação escolar”. Para Lucinéia Durães, dirigente nacional do movimento, o diálogo realizado demonstra compromisso institucional com o tema. "Estar com o secretário da Educação e a sua equipe é fundamental para um diálogo que garanta a qualidade e o acesso à educação de todos que moram no campo e são atendidos por este segmento da Educação".


Várias ações vêm sendo realizadas pelo governo do Estado com foco na Educação do Campo.


Ao promover o Educar para Trabalhar, programa de qualificação profissional voltado a estudantes e egressos a rede estadual de ensino, vários dos cursos ofertados atendem a demandas da Educação no Campo, nas áreas de Recursos Naturais, Ambiente e Saúde, Produção Alimentícia e Gestão e Negócios.


Entre os cursos estão em Agente de de Gestão de Resíduos Sólidos, Auxiliar Administrativo Rural, Auxiliar Agropecuário, Auxiliar de Agricultura de Precisão, Auxiliar em Agroecologia, Bovinocultor de Corte e Bovinocultor de Leite. São várias as possibilidades de qualificação em outras áreas.


As inscrições estão abertas até 19 de outubro, pelo Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br/educarparatrabalhar).


Fonte/fotos: Ascom | SEC

Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social