BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Conselho de Cultura da Bahia aprova Moção de Aplausos pelos 21 anos de sacerdócio de Mãe Bárbara


Proposta pelo vice-presidente, o valenciano Adriano Pereira de Queiroz, a Moção foi aprovada por unanimidade na última sessão realizada dia 30 de julho, em sessão virtual, com transmissão ao vivo pelo canal do Conselho Estadual de Cultura (CEC) no Yotube.


Tata Ricardo, conselheiro eleito pela sociedade civil, representando o segmento Patrimônio Imaterial e membro da Comissão de Patrimônio do referido Conselho, além de sacerdote do Terreiro Unzó Tatêto Lembá, em Camaçari, ressaltou que “aprovar uma moção pelos 21 anos de Mametu Kafurengá é extremamente significativo não só pela pessoa física, mas por entender que ela representa um conjunto de saberes, fazeres e práticas sociais, culturais, religiosas, práticas humanas e humanitárias e, principalmente, o empoderamento da mulher e todo seu legado de imaterialidade. Ela representa o resgate de empoderamento da força feminina e do resguardo e salvaguarda da memória, da história e, sobretudo, acolhimento”.


Para Silvio Portugal, presidente do Conselho, “a moção aprovada é importante, pois valoriza essa rica cultura que contribui para a preservação dessa memória ancestral brasileira, além de combater a intolerância religiosa”.



Fonte: Ascom CEC BA

Foto: Baixo Sul em Pauta

Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social