BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Cidades baianas recebem Wi-Fi gratuito em praças públicas - Aratuipe, Gandu e Teolândia na 1a lista


Oferecer internet gratuita para o cidadão. Esse é o principal objetivo do Conecta Bahia, ação do Governo do Estado, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que vai levar Wi-Fi gratuita a praças públicas de municípios baianos. Com investimento inicial estimado em quase R$ 2 milhões, a iniciativa conta com recursos próprios e emendas estaduais e federais para oferecer conectividade em 200 localidades de toda a Bahia.


Aratuípe é a primeira cidade da Bahia a ter o ponto de conexão entregue pela Secti. A cerimônia de entrega, na tarde de domingo (13/03), na Praça José Alves da Silva, contou a presença da secretária em exercício Mara Souza, do prefeito professor Tone, da deputada estadual Maria del Carmen, que destinou emenda para o projeto, e demais autoridades. O cronograma de inaugurações prevê que os próximos municípios a serem contemplados são Lençóis, Amargosa, Tanquinho e Capim Grosso. No total, cada ponto vai permitir que até 250 pessoas possam utilizar a rede simultaneamente, que contará com placas informativas sobre o uso da tecnologia. O cronograma de instalação segue do mês de janeiro até o final de 2022.


A secretária Mara Souza estima que a etapa atual da ação possa levar internet gratuita a praças em diversos municípios. “Esta é mais uma iniciativa do Governo do Estado com foco no cidadão, permitindo conectividade nos mais diversos cantos do estado, para aproximar baianos e baianas ao exercício da cidadania, geração de renda e ao conhecimento através da informação. Estamos trabalhando para ampliar ainda mais ações como essas em parceria com os nossos deputados estaduais, federais e as prefeituras”, projeta.


O coordenador geral de Infraestrutura de TI da Secti, Grinaldo Oliveira, acredita que o Conecta Bahia pode se tornar uma boa ferramenta de comunicação entre a gestão pública e a população, integrando os cidadãos às iniciativas dos governos estadual e municipais. “Por intermédio da utilização da tecnologia Wi-Fi em praças, a administração pública poderá entender melhor as demandas da população, criando um canal ativo de participação do cidadão. No futuro, essas informações podem, inclusive, servir de base para a criação de políticas públicas”.


Inicialmente os municípios contemplados são: Acajutiba, Adustina, Alagoinhas, Amargosa, Anadaraí, Aratuípe, Barro Alto, Barro Preto, Biritinga, Botuporã, Brejões, Cachoeira, Caculé, Capim Grosso, Carinhanha, Central, Chorrochó, Conceição de Feira, Conde, Cordeiros, Dias Dávila, Dom Macedo Costa, Feira da Mata, Gandu, Guajerú, Iaçu, Ibitiara, Igaporã, Ilhéus, Irará, Irecê, Itabuna, Itacaré, Itajuípe, Itanhém, Itiruçu, Jacobina, Jandaíra, Lagoa Real, Lajedão, Lamarão, Lapão, Lençóis, Livramento de Nossa Senhora, Malhada, Malhada de Pedras, Mortugaba, Mundo Novo, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Ouriçangas, Paripiranga, Piripá, Planalto, Poções, Retirolândia, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio do Antônio, Santa Bárbara, Santa Inês, Santa Rita de Cássia, Santo Amaro, São Felipe, Sebastião Laranjeiras, Simões Filho, Tanquinho, Teolândia, Una e Uruçuca.





Fonte/foto: Secom BA

Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social