top of page
BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Cairu celebra o Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia


O município de Cairu celebrou nesta quinta-feira (13) os 200 Anos da Independência do Brasil na Bahia, com o projeto “Bahia: Memórias de Lutas e Liberdade”, organizado pela Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBA), com apoio da prefeitura, através da secretaria municipal de Cultura.


O secretário estadual de Cultura, Bruno Monteiro, entregou o Marco do Bicentenário reafirmando o compromisso da nova gestão em fortalecer a memória baiana da libertação da dominação portuguesa. “A liberdade não é algo consolidado. Seguimos lutando cotidianamente para construir nossos sonhos e direitos, buscando aquilo que nos dignifica enquanto pessoa e sociedade. Por isso este marco reconhece os municípios que atuaram efetivamente na conquista pela Independência, e que seja concreta, na memória, a imagem do heroísmo popular”, enfatizou.

O prefeito Hildécio Meireles parabenizou o Governo do Estado pela iniciativa. “Trazer o conhecimento a cada localidade que teve uma verdadeira participação na consolidação da Independência do Brasil é um fato importante, porque a partir deste grande evento as comunidades têm a oportunidade de se reconhecerem, enquanto protagonistas do feito definitivo de Libertação do Brasil dos domínios da coroa portuguesa. A história e a cultura não enriquecem apenas o nosso conhecimento. Hoje são grandes ferramentas na criação de empregos e renda para as populações que mais precisam e por isso convido a secretaria de Cultura do Governo do Estado para, juntos, transformarmos a história e a cultura em referências para o desenvolvimento da nossa economia, sobretudo para Cairu e também para Bahia. Portanto, secretário Bruno Monteiro, muito obrigado por esse dia de hoje, muito obrigado também ao nosso querido diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, Vladimir Pinheiro, muito obrigado a todos vocês pela presença e um grande abraço a todos”, discorreu o prefeito.


A vasta programação do encontro contou com as participações da Filarmônica Centro Popular Cairuense, do maestro Schneider da Camerata de Boipeba, dos grupos culturais Chegança e Congos de Cairu, aulas públicas, apresentações de escolas estaduais da região e do Colégio Cândido Meireles de Cairu, além das unidades móveis da Biblioteca de Extensão (Bibex/FPC), da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e de monitores da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), por meio do Centro de Referência Nelson Mandela.


Marcaram também presença ao evento a vice-prefeita de Cairu Cíntia Rosemberg, o presidente da Câmara de Vereadores Diego Meireles, vereador Wesley Magno, os secretários municipais Graça Peleteiro (Cultura), Ângelo Fahning (Administração), Aline Paraíso (Gabinete), Ivã Amorim (Desenvolvimento Sustentável), Carol Oliveira (Educação), Jeanine Fonseca (Saúde), Ígor Gomes (Governo) e Kadu Lisboa (Procurador Geral).



Ascom PMCairu




Opmerkingen


Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
bottom of page