BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

CAIRU - Após representação, Coelba é obrigada a manter fornecimento de energia nas ilhas


Morro de São Paulo e Boipeba ficaram sem fornecimento de energia durante três dias em junho


Depois da representação do presidente da Câmara Municipal de Cairu, vereador Diego Meireles, no Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra a Coelba, a Justiça obrigou a companhia a adotar “todas as providências necessárias para manter” o fornecimento de energia nas ilhas de Morro de São Paulo, Boipeba e Tinharé. As medidas devem ser adotadas no prazo de 20 dias, sob pena de pagamento de multa diária no valor de R$ 5 mil. Além disso, a empresa deve evitar que o fornecimento de energia seja interrompido sem notificação prévia.

Autor da representação, o vereador Diego Meireles comemorou a decisão judicial. “Vai garantir que a nossa população não seja pega de surpresa com a suspensão de um serviço tão essencial para todos. O último episódio de queda de energia instalou na região um verdadeiro caos, que refletiu em todos os outros serviços como saúde, educação, assistência social e turismo. Esperamos que, a partir desse momento, voltemos à normalidade no que diz respeito ao acesso a esse serviço tão básico”, declarou Meireles. No mês de junho, as ilhas de Morro de São Paulo, Boipeba e Tinharé ficaram três dias sem fornecimento de energia elétrica. Uma obra de cabeamento subterrâneo da fiação elétrica em Morro de São Paulo foi apresentada pela Coelba, que contará com a parceria da Prefeitura de Cairu para a implantação do projeto.

A nova rede elétrica terá extensão de 1,6 quilômetro de rede de média e baixa tensão, proporcionando maior confiabilidade à distribuição de energia e valorizando ainda mais a paisagem local, que não terá mais fiações em rede aérea. Fonte/foto: Bahia.BA

Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social