BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Cachoeira tem dia como sede do Governo; município ganha Terminal Turístico


A cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano, tornou-se sede do Governo do Estado, na tarde de sábado (25/06). A cerimônia tem como propósito ressaltar a importância do município nas batalhas travadas pela conquista da Independência do Brasil, que tiveram início no dia 25 de junho de 1822 e neste ano celebra o seu bicentenário. O evento histórico possibilitou na libertação baiana do domínio da coroa portuguesa, em 2 de Julho do ano posterior.


A mudança simbólica da sede do governo ocorre desde 2007, quando a lei 10.695 foi aprovada. Presente no desfile cívico na parte da tarde, o governador Rui Costa comentou sobre a relevância do dia para a história. “Nessa data, assim como o 2 de Julho, a gente se sente orgulhoso de ser baiano. A Bahia e os baianos e baianas têm um destaque e uma força especial na história desse País, não só no curso civilizatório, mas uma presença forte na história, na música e cultura”, afirmou.


Desfile cívico, honras militares e o ‘Te Deum’, ato religioso em memória aos que lutaram pela independência, realizado na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, fizeram parte da solenidade. “Estamos iniciando as comemorações do bicentenário [da Independência] com a presença do governador, que nos presenteou com um pacote de obras importante para a nossa cidade, o povo de Cachoeira está em festa”, exaltou Eliana Gonzaga, prefeita do município.

Terminal turístico

Além da agenda de celebração histórica, o município de Cachoeira foi contemplado com a entrega de um Terminal Turístico. O equipamento, que custou R$ 4,4 milhões em investimentos, conta com um novo píer com atracadouro flutuante e está integrado à requalificação urbana de uma praça adjacente, localizada às margens do Rio Paraguaçu, que banha parte da região do Recôncavo. As obras foram realizadas por meio de parceria entre as secretarias estaduais do Turismo e da Cultura, via Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac).


A solenidade contou com a presença do secretário do Turismo, Maurício Bacelar. “O Terminal Turístico além de dar mais segurança ao turista, qualifica também o destino. Daqui deste terminal náutico, Cachoeira se coloca, definitivamente, enquanto patrimônio cultural e turístico da Bahia, se integrando à Baía de Todos os Santos com esse equipamento moderno”. Bacelar reforçou ainda que o Terminal compõe uma estrutura que coloca a cidade como um dos grandes destinos turísticos do País.


Pela primeira vez no município, as amigas Juliana e Márcia aprovaram a estrutura do Terminal e o clima de celebração. “Este Terminal é um mais um ponto turístico que esta cidade ganha, o que amplia ainda mais suas riquezas culturais”, explicou Juliana Vanderlei. Já a sua colega ressaltou a preparação do município para os dias de festa. “A cidade está totalmente organizada para uma data importante como o Bicentenário da Independência, as casas, o comércio, até as pessoas estão num clima de cívicos muito bacana. Amei ter vindo conhecer Cachoeira nesta data” garantiu a visitante Márcia Carvalho.


Anúncios

Os cachoeiranos também foram contemplados com a ordem de serviço para as obras de contenção de uma encosta que vai proteger as instalações do Colégio Estadual da Cachoeira, unidade educacional localizada no bairro de Pitanga. Além disso, o governador anunciou a licitação de outra contenção de encosta nos bairros do Caquende e Morumbi.


Rui Costa autorizou ainda a Secretaria de Educação do Estado (SEC) a emitir ordem de serviço para modernização do Colégio Estadual Quilombola da Bacia do Iguape, com Implantação de refeitório e quadra poliesportiva coberta com arquibancada. As obras serão executadas pela Conder, empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur).





Repórter: Leiliane Fláu

Fotos: Fernando Vivas/GOVBA


Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social