top of page
BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

BAHIA: Estado apoia seminário sobre comunicação e combate à desinformação

Profissionais da imprensa, gestores da área de comunicação e autoridades participam nesta quinta e sexta-feira (1 e 2) do seminário ‘Os Desafios da comunicação numa era de desinformação e ataques à democracia’, no Centro Operações Integradas (COI), no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, para discutir as ameaças à democracia, o combate à desinformação, a regulação das plataformas e a comunicação pública.

Organizado pelo Centro de Estudos Barão de Itararé, o evento foi aberto pelo governador Jerônimo Rodrigues que, na ocasião, também assinou acordo de cooperação entre que expande o sinal da TV Educativa do Estado (TVE) e da TV Educa Bahia, garantindo o acesso às emissoras públicas nos Territórios de Identidade baianos.


Jerônimo pontuou que o Brasil atravessa uma difícil era no que diz respeito à comunicação. “Existem muitos canais, muitos blogs, muitas TVs e mídias que tratam os temas com muita responsabilidade. Mas, existem outras que acabam atrapalhando a comunicação e criando um ambiente de desconfiança e de desinformação. O seminário é um espaço para que a gente possa estimular o debate, a regulamentação do uso das mídias que será tratado âmbito do Congresso Federal”, afirmou o governador.

Na primeira noite de evento, nesta quinta (1), a jornalista e editora do blog Socialista Morena, Cynara Menezes, e o jornalista e professor Lalo Leal Filho, que coordena o Barão de Itararé, dividiram mesa com o ministro-chefe da Secom da presidência da República, Paulo Pimenta, para falar sobre a Conjuntura e Luta de Ideias na Sociedade.

De acordo com Lalo, o objetivo é profundar o debate sobre essa necessidade de ter ideias diferenciadas daquelas impostas pela mídia tradicional, que acabam ocupando, praticamente, todos os espaços. “A democracia só funciona se você que tem uma pluralidade de ideias, diferentes visões de mundo circulando pela sociedade. E esse é o papel da mídia pública, e esse seminário tem o objetivo realçá-lo”.


Cynara Menezes destacou a importância de debater o jornalismo como um todo. “Quando o jornalismo só reflete as classes dominantes, peca por não falar dos problemas do povo. E é isso que a gente tenta fazer na mídia independente. É um pouco do que o seminário vai debater: como chegar a todas as parcelas da sociedade com informação boa, ao contrário do que tem sido feito por certos setores”, afirmou a jornalista e editora do blog Socialista Morena.

O ministro-chefe da Secom da Presidência da República, Paulo Pimenta, ressaltou que o governo do presidente Lula quer ouvir a população. “Por isso, ele estimula todos os ministros a viajarem pelo Brasil, para fortalecer todos os canais que possam ajudar nesse diálogo com o povo brasileiro”, concluiu.

Nesta sexta-feira (2), o relator do Projeto de Lei sobre Fake News (PL 2630) na Câmara Federal, Orlando Silva, divide mesa com Nina Santos, coordenadora do Desinformante e diretora da Aláfia Lab, e com João Brant, secretário de Políticas Digitais da SECOM/Presidência da República, para um diálogo sobre Redes digitais, fake news e a regulação das plataformas.

O secretário de Comunicação da Bahia, André Curvello também participa, dando destaque às prioridades da comunicação pública, ao lado do presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Hélio Doyle, e da assessora especial de Comunicação do Rio Grande do Norte, Guia Dantas. “A ideia é promover essa troca de informações, no sentido de fortalecer a democracia. Tanto o Governo do Estado quanto o Barão de Itararé acreditam que a comunicação é fundamental para a defesa do estado democrático de direito. Por isso, a Bahia abriu os braços para receber esse evento”, completou Curvello.


Barão de Itararé

O centro de estudos trabalha há 13 anos pelo fortalecimento da democratização da comunicação no Brasil, através de cursos, debates e escapos formativos. Também está à frente de discussões sobre uma mídia mais diversa e plural.

Programação

•01/06 – quinta-feira, às 18h – Conjuntura e luta de ideias na sociedade.

Cynara Menezes – jornalista e editora do blog Socialista Morena

Leandro Fortes – jornalista, professor e escritor

Laurindo Lalo Leal Filho – coordenação do Barão de Itararé


• 02/06 – sexta-feira

9h – Redes digitais, fake news e a regulação das plataformas.


Nina Santos – Coordenadora do Desinformante, pesquisadora no Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Democracia Digital (INCT.DD) e diretora da Aláfia Lab


João Brant – Secretário de Políticas Digitais da SECOM/Presidência da República do Brasil

Orlando Silva – deputado e relator da PL das fake news (PL 2630)


14h – As prioridades da comunicação pública


Guia Dantas – Assessora Especial de Comunicação do Rio Grande do Norte.


André Curvello – Secretário de Comunicação da Bahia.


Hélio Doyle – presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC)




Repórter: Milena Fahel

Fotos: Feijão Almeida - GOVBA / Vanessa Andrade - Baixo Sul em Alta


Kommentare


Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
bottom of page