top of page
BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Bahia bate recorde de inscrições no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)


Procura reflete os mais de R$ 3,5 bilhões investidos pelo Governo do Estado em Assistência Técnica e Extensão Rural


Com a participação de 207 municípios, contemplando os 27 territórios, a Bahia alcançou um marco significativo no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA): 551 propostas inscritas, com um valor estimado de mais de R$ 137 milhões de reais. Ao todo, 10.232 fornecedores foram cadastrados, sendo o primeiro Estado em número de propostas enviadas. Os projetos são para a modalidade de Compra com Doação Simultânea (CDS), inscritos pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) do Governo Federal.


O PAA é uma iniciativa federal que visa fortalecer a agricultura familiar e promover a segurança alimentar e nutricional no Brasil, país que, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), retornou nos últimos anos ao mapa da fome. Na Bahia, o programa tem um alcance abrangente, beneficiando diversos segmentos da agricultura familiar, a exemplo de assentados da reforma agrária, quilombolas, comunidades indígenas, famílias atingidas por barragens e agroextrativistas.

O recorde no programa reflete, na prática, os mais de R$ 3,5 bilhões investidos pelo Governo do Estado em Assistência Técnica e Extensão Rural, entregas de máquinas, kits produtivos, mudas, equipamentos, programas como o Bahia Produtiva e Pró-Semiárido, entre outras políticas que têm dado condições para que o homem e a mulher do campo forneçam alimentos de qualidade e possam fortalecer suas rendas e economias locais.


"O número expressivo de propostas é o resultado do trabalho e mobilização das nossas equipes, que mantêm uma relação de parceria com as associações, cooperativas e movimentos sociais. Mas é principalmente fruto dos investimentos e das políticas públicas do Governo do Estado para o fortalecimento da agricultura familiar. Isso significa que a Bahia produz grandes quantidades de alimentos saudáveis e de qualidade", comemora o secretário de Desenvolvimento Rural, Osni Cardoso.


PROTAGONISMO

Quando o assunto é protagonismo feminino, as ações de gênero aplicadas em projetos executados pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) se mostram efetivas. Dos quase 10 mil fornecedores inscritos, cerca de 73% são mulheres. Além disso, 19% das propostas foram apresentadas por fornecedores assentados. Eles representam uma parcela importante da produção agrícola e mostram a contribuição dos assentamentos na promoção da agricultura sustentável e na geração de renda para as famílias rurais.



Secom BA

Fotos: Divulgação SDR

Comentários


Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
bottom of page