Arte no Verão será o tema da 3ª edição da Ocupação Cultural 2021


A 3ª edição da Ocupação Cultural 2021 terá como tema Arte no Verão Múltiplas Linguagens. Mais uma edição que promete ser sucesso de público via Youtube, através do canal Ocupação Cultural. A transmissão acontecerá neste sábado (27/03), às 14 horas. Como o próprio tema já diz, múltiplas linguagens serão contempladas com a participação de importantes profissionais do cenário artístico de Valença, Ibicaraí, Ibirapitanga, Presidente Tancredo Neves e Salvador.


A programação que promete movimentar as redes sociais terá a participação do cantor e compositor Juá da Bahia, do grupo de teatro Negraciarte, da companhia de dança Taci Pereira, do grupo de dança M.D.A – Mix Dance Arte, do músico Mestre Alonso do Pagode, do bailarino e coreógrafo Everton Bacélla, do espetáculo teatral Tienhe Diendiê e do melhor desenhista autista do Brasil, João Pedro.


O projeto conta com o apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

#premiodasartesjorgeportugal

@funceboficial


Biografia dos convidados:

JUÁ DA BAHIA

Natural de Ibicaraí - Bahia, é cantor e compositor. Iniciou no grupo de jovens da igreja católica, onde compôs suas primeiras obras musicais, tendo suas canções cantadas nas missas dominicais e encontros de jovens. Participou do grupo Pau de Arara (MPB), que tinha em seu repertório de shows a maior parte de suas composições. Participou de diversos festivais de músicas e teve suas autorias inseridas nas coletâneas, com destaques para ACORDA AMÉRICA, vencedora do IIV Festival de Inverno da Bahia. Cantando em barzinhos, gravou 04 cds e 01 DVD. Nos trilhos do forró fez 15 cds, sendo um álbum, AMOR DE VERDADE, lançado pela Atração Fonográfica-SP e distribuído pela Universal Music; incluindo 01 álbum duplo com participações de 11 forrozeiros reconhecidos dentre eles ADELMÁRIO COELHO, TARGINO GONDIM, SANTANNA, MÃO BRANCA, NETINHO DO FORRÓ e outros. Apresentou-se de forma presencial na Ocupação em 2019 e durante a pandemia fez mais de 100 lives com um variado repertório: 32 no YouTube; 28 no Instagram; 45 no Facebook; 07 lives de terceiros.

NEGRACIARTE

Denisson Fernandes e Daiana Panta, ator e atriz da NEGRACIARTE DE TEATRO - Ibirapitanga-BA. Daiana é uma educadora antirracista, atuou no grupo de teatro Tempero da Terra e hoje uma destacada atriz da NEGRACIARTE DE TEATRO. Denisson Fernandes é ator, dançarino, coreógrafo, cantor e capoeirista. Atuou no Grupo Afrodance e hoje é ator e percussionista da NEGRACIARTE DE TEATRO. Texto e direção do Mestre Chico Nascimento.

CIA DE DANÇA TACI PEREIRA

Atualmente a Companhia está com o espetáculo “Pantera Negra: a origem Wakandana”, inspirado no filme da Marvel. A pré estreia do espetáculo se deu na Ocupação Cultural no mês da Consciência Negra, em novembro de 2018. Posteriormente, o espetáculo voltou a apresentar-se em março de 2019, em nossa última edição presencial e na cidade de Presidente Tancredo Neves. Seguiria sua turnê, mas foi interrompido por conta do isolamento social. Nesta edição, seus membros David Araújo, Bruna Black e Cleiton Estanislau reapresentarão trecho do espetáculo que conta com a produção geral de Tiago Ramos.

M.D.A – MIX DANCE ARTE

Formado por jovens liderados pelo arte educador Jeferson Neri, o grupo M.D.A, de Valença, chega diferenciado, com um molejo contagiante, mostrando que é possível sim fazer exercício físico em plena pandemia. Para o grupo, dançar liberta a alma, diminui o estresse, entre outros benefícios. Movidos pela certeza de um dia melhor, o grupo propõe: “Arrasta o sofá e vem dançar com a gente!”

MESTRE ALONSO DO PAGODE

Alonso Feitosa, 67 anos, nasceu em Valença. Aos 19 anos migrou pra São Paulo, onde trabalhou como operário em várias indústrias. Ambientando-se à metrópole, ingressou num grupo de pagode onde aprendeu a tocar diversos instrumentos como repique de mão, tantã de marcação, pandeiro, tamborim, rebolo e reco-reco. Lá ficou por mais de 20 anos e apresentou-se com diversos grupos, entre eles o “Sorriso Aberto”. Aposentando-se, retornou à terra natal e aqui fez novas amizades, dando continuidade ao que mais gosta de fazer: música. Montou um grupo de samba de partido alto, sua grande paixão, onde canta até hoje, tendo ao lado sua esposa Nerian, no reco-reco. Mestre Alonso também é compositor e apresentará sambas inéditos de sua autoria.

EVERTON BACÉLLA

Everton Bacélla é bailarino e coreógrafo. Nascido em Valença, iniciou sua carreira no grupo Afro Filhos da Terra, onde participou das montagens “Tambores da África”, “Patacuri”, “Cores”, “Orixás”, entre outros. Participou também do Ballet Stylo Corpo e do Balé Folclórico da Bahia em 2013, além de apresentar-se em diversas ocupações com trabalhos solos como “Ginga” e “Sentença”, este último, apresentado também na Conferência Nacional de Juventude, em Brasília (2016). Em 2018, ministrou uma oficina de dança na Ocupação Cultural e hoje atua profissionalmente como coreógrafo do Balé Municipal do município de Presidente Tancredo Neves. Como ator e coreógrafo participou também dos espetáculos “Vozes d’África” e “Há vagas para Rapazes de Fino Trato. Nesta edição Everton traz o experimento coreográfico “Tarde”.

TIENHE DIENDIÊ

Com texto base de Otávio Mota e tendo no elenco Adriano Pereira, Irene Dóres, Juliano Britto e Macosta, o espetáculo utiliza o espaço da feira livre e espaços de pescaria no rio e no mar, para contar as histórias vividas por pescadores e marisqueiras do Baixo Sul da Bahia, onde a rima se apresenta na oralidade criativa do povo e a música dá a cor e a chancela da gente simples que aprendeu a filosofar através dos ditos populares, de uma referência histórica e cultural passada de geração em geração. A peça destaca a liderança e a força das mulheres simples do Baixo Sul, na sua lida diária à beira do rio, do mangue, do mar e da feira livre. No seu diálogo de luta constante pela preservação da natureza e pelo devido respeito da sociedade machista. Iniciou sua montagem em 2017 realizando dezenas de apresentações em escolas, universidades, teatros e praças. Em 2019, a nova adaptação proposta pelo diretor Chico Nascimento foi suspensa por conta da pandemia.

JOÃO PEDRO

Nascido e morando em Valença, ele se apresenta como o melhor desenhista autista do Brasil e do mundo. Já conversou em lives e desenhou famosos como o ex presidente Lula, a ex presidenta Dilma, além de jornalistas e apresentadores como Reinaldo Gottino e Ricardo Ismael. Recentemente foi destaque em matéria no jornal “Hoje em dia”, da rede Record. Em seu canal no YouTube, João ensina como desenhar personalidades, como: Deputado Paulo Teixeira, Gleisi Hoffmann, André Janones, Celso Portiolli, Gabigol, Cristiano Ronaldo, Messi, entre outros.


Fonte: Vanessa Andrade – V1 Comunicação


Posts Em Destaque
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 - Criado pela Agência Andrade Comunicação e Marketing 

Contate-nos: 75 9 91211904 | 75 9 98317900 | vanessa.cultura.bsul@gmail.com