top of page
BANNER WEB - 728x90px - ESTADO SOLIDARIO.png

Após acidente com mortes, Marinha estabelece limite de velocidade em rio de Boipeba


Dois turistas morreram após colisão entre lanchas no trecho conhecido como Rio do Inferno, durante a semana do Réveillon.


Quase 20 dias após a colisão entre lanchas que deixou dois mortos em Boipeba, ilha que pertence ao município de Cairu, no Baixo Sul da Bahia, a Marinha do Brasil determinou um limite de velocidade no local onde ocorreu o acidente, conhecido como "Rio do Inferno".


A batida ocorreu em 29 de dezembro e a determinação foi publicada na última sexta-feira (12), pela Capitania dos Portos da Bahia. Anteriormente, não havia determinação de velocidade no Rio do Inferno e cabia ao condutor da lancha decidir a velocidade adequada. Após a determinação, os pilotos deverão respeitar o limite de 10 nós, que corresponde a cerca de 18 km/h.


José Raimundo Nery, delegado responsável pelas investigações do caso, descreveu o "Rio do Inferno" como um canal estreito onde, quando o nível do rio baixa, é necessário navegar com velocidade reduzida. "Pelo que foi apurado pela Polícia Civil e também pela Marinha, ele seguia com velocidade excessiva", afirmou, na época do ocorrido.




Fonte: Jornal Valença Agora

Foto: Bahia Terra / Boipeba Tur

Siga!
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
bottom of page