Morro de São Paulo e Boipeba voltam a receber turistas nesta quinta-feira (03/09)


O município de Cairu, que também administra os destinos de Gamboa, Garapuá e Moreré, possui o menor índice epidemiológico no Baixo-Sul. A cidade reabre para o turismo no próximo dia 3 de setembro

Depois de cinco meses das primeiras medidas de contenção à Covid-19, o município-arquipélago de Cairu entra agora em um novo momento. O destino, que apresenta o menor índice epidemiológico da doença no Baixo Sul e uma evolução controlada desde o início da pandemia, conta com protocolos rigorosos para a retomada das atividades turísticas, que iniciam na próxima quinta-feira, dia 3 de setembro.


A data está prevista para receber visitantes e turistas em destinos como Morro de São Paulo, Boipeba, Gamboa, Garapuá e Moreré. No município, cada estabelecimento está passando por avaliações técnicas da Secretaria de Saúde de Cairu para garantir o cumprimento dos protocolos de segurança. Para retomada segura, também estão sendo observados indicadores epidemiológicos da Covid-19.


“Cairu está apresentando números baixos e uma evolução controlada em relação ao demais locais da região. Isso nos deixa confiantes para avançar mais uma etapa do Plano Novo Normal Cairu, que está sendo realizado com muito planejamento. Esses índices continuarão sendo monitorados, respeitando a capacidade das Unidades de Saúde do município, que está preparado com protocolos claros e rigorosos”, garantiu o prefeito Fernando Brito.


Entre as exigências dos protocolos estão o reforço da limpeza dos ambientes, a obrigatoriedade no fornecimento de álcool 70º nos estabelecimentos, o uso de equipamento de proteção individual, incluindo a obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários do trade e para os turistas, e a distância mínima de dois metros entre as pessoas. Além disso, o destino só receberá turistas que comprovarem reserva em meios de hospedagem, autorizados a preencherem até 50% da sua capacidade de ocupação.


Neste primeiro momento, não haverá transporte para circulação de visitantes entre as ilhas, ou seja, os passeios volta à ilha continuam suspensos. Os turistas devem permanecer durante todo o período da viagem no destino da hospedagem.


O município está preparado situações previstas, como explica a secretária de saúde Italuana Guimarães. “Os serviços de saúde estão bem estruturados, com insumos, equipamentos, medicação e oxigênio. Caso haja casos suspeitos ou novas confirmações, os estabelecimentos estão orientados para agir com rapidez e segurança. O monitoramento de casos continuará sendo realizado pela nossa equipe de enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais”, detalha Italuana.


O prefeito Fernando Brito salienta que, caso seja necessário, o plano de retomada será reavaliado e as atividades novamente paralisadas. “Estamos confiantes que a paralisação não será necessária. Os nossos protocolos foram elaborados de acordo com as orientações do Ministério da Saúde, possuem alto nível de precisão e serão aplicados à risca. Com todos estes cuidados, o povo cairuense sairá vitorioso deste desafio”, reforçou o prefeito Fernando Brito.


Fiscalização e denúncias

Para contar com o apoio da população na fiscalização das medidas adotadas, a Prefeitura de Cairu lançou o aplicativo Cairu Cidadão, disponível para sistemas Android, onde podem ser registradas denúncias de atividades que vão contra as orientações para a contenção da pandemia. Obrigatório para todos os estabelecimentos, o descumprimento do protocolo geral pode gerar multa entre R$ 2 e R$ 10 mil reais, assim como cassação de alvará de funcionamento.


Para acessar mais detalhes sobre fases, protocolos e outras informações, acesse http://www.retomada.cairu.ba.gov.br/.


Fonte: LK Comunicação

Foto: Elton Andrade

Tags:

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 - Criado pela Agência Andrade Comunicação e Marketing 

Contate-nos: 75 9 91211904 | 75 9 98317900 | vanessa.cultura.bsul@gmail.com