Bandas e fanfarras da Bahia foram tema de audiência pública na AL-BA

Patrimônios culturais imateriais do estado, as bandas marciais e fanfarras foram tema central de uma audiência pública promovida pela AL-BA na última sexta-feira (11/10). No encontro, presidido pelo deputado estadual Robinson Almeida (PT), foram discutidos as políticas públicas para estes grupos culturais na Bahia.

Foto: Cecília Oliveira / Divulgação

Entre os temas propostos pelo deputado, estão a criação de grupos de trabalho, criação de um Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), políticas de formação e capacitação das bandas e fanfarras, participação das bandas e fanfarras em editais de Cultura do estado com a proposta de um edital específico, além da inclusão destes grupos nos setores da Cultura e no Programa Bahia Criativa. “As Fanfarras e as bandas são patrimônio cultural do nosso Estado, presente nos municípios, integrando parte da política educacional de iniciação musical, de formação para nossa juventude e precisam ser sempre valorizadas”, afirmou Almeida.


Estiveram presentes no local o deputado federal Zé Neto (PT), representantes das secretarias de Educação, Cultura, Relações Institucionais e de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, além da entidade do segmento Associação de Fanfarras e Bandas da Bahia e representantes de 23 municípios.

Tags:

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 - Criado pela Agência Andrade Comunicação e Marketing 

Contate-nos: 75 9 91211904 | 75 9 98317900 | vanessa.cultura.bsul@gmail.com