Espetáculo Aiyê Quilombola encantou moradores de Taperoá

A Orla Fluvial de Taperoá foi palco do belo espetáculo Aiyê Quilombola, no último domingo (09/12). Centenas de moradores puderam apreciar uma mistura de teatro, dança, música e artes circenses em um único espetáculo, o qual enaltece a cultura negra e a sua importância para o desenvolvimento do Baixo Sul da Bahia.

A mostra teatral possui no elenco artistas das companhias de teatro Antagon Theater AKTion (Alemanha) e Vilavox (Salvador), e mais 15 pessoas do próprio território Baixo Sul (maioria oriunda de comunidades remanescentes quilombolas), selecionadas através de uma oficina gratuita que aconteceu no mês de novembro, em Taperoá. Todo o elenco tem tido a oportunidade de vivenciar o dia a dia de comunidades locais, a exemplo do Quilombo de Jatimane (município de Nilo Peçanha). Eles conheceram na prática um laboratório voltado para a criação de uma produção teatral, experimentando a rotina, a cultura e os costumes dos moradores.

O espetáculo Aiyê Quilombola, fruto dessa vivência, também já foi apresentado em Jatimane e em Laranjeiras (município de Igrapiúna). Ele busca promover de forma criativa e instigante uma série de reflexões acerca da cultura afro-brasileira, da história de formação e resistência dos quilombos no Baixo Sul, e das condições atuais dessas comunidades remanescentes. “Faço cultura em Taperoá desde a minha juventude. Vibrei com esta apresentação e incentivei o público a interagir. Estou muito feliz porque há muito tempo não vinha teatro para a nossa cidade”, destacou Nilza Araújo, muita conhecida pela personagem Boneca Lili que interpretava durante as manifestações culturais do município.

A mostra ainda será apresentada em Torrinhas (Cairu – dia 14/12), Camamu (dia 15/12) e Valença (dia 16/12). Tal iniciativa está sendo realizada através do projeto Baixo Sul em Cena, que pela terceira vez aporta no Baixo Sul da Bahia, com o objetivo de formar e qualificar jovens por meio do intercâmbio artístico, de um trabalho colaborativo focado no respeito às diferenças e diversidades socioculturais. Uma realização dos grupos teatrais Antagon (Alemanha) e Vilavox (Salvador), através do projeto Escuna Criativa (site: www.escunacriativa.com.br). Confira abaixo a programação completa.


SERVIÇOS

14/12 – Espetáculo em Torrinhas (Praça central) - Cairu - 16h.

15/12 – Espetáculo em Camamu (Praça Francisco Xavier Borges) - 16h.

16/12 – Espetáculo em Valença (Praça da República) - 16 h.

17/12 – Avaliação/debate em Valença (Centro de Cultura Olívia Barradas) - 17 h.


Direção geral do espetáculo: Bárbara Luci Carvalho.

Direção artística: Bernhard Bub.

Apoio financeiro: Fundo de Cultura da Bahia – Governo do Estado da Bahia (edital Territórios Culturais da Secretaria de Cultura do Estado).

Agradecimentos: Centro de Cultura Olívia Barradas, Associação Quilombola Laranjeira, Associação Comunitária Quilombola do Jatimane, Prefeituras de Cairu, Taperoá, Igrapiúna, Camamu e Valença.

Confiram todas as fotos na nossa página Baixo Sul em Alta, no Facebook.


Tags:

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 - Criado pela Agência Andrade Comunicação e Marketing 

Contate-nos: 75 9 91211904 | 75 9 98317900 | vanessa.cultura.bsul@gmail.com