Rotary Club de Valença no combate à poliomielite e o sarampo

August 13, 2018

O Rotary Club de Valença realizou uma Parada da Saúde, na principal via de Valença, no Baixo Sul da Bahia, em apoio à Campanha de Vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil) e o sarampo. O objetivo foi conscientizar a população sobre a importância da prevenção e combate a essas doenças, que podem até matar. Além da brilhante participação do Zé Gotinha, eles contaram com a presença dos clubes de serviço parceiros: Lions Club e Loja Maçônica Paz e Fraternidade. O Corpo de Bombeiros também apoiou a iniciativa, assim como a Polícia Civil, a Guarda Municipal e o Departamento Municipal de Trânsito.

 

O projeto tem reforçado as ações da Secretaria Municipal de Saúde, e conta com a colaboração dos comerciantes e comunicadores locais. “A Parada foi um grande sucesso e é apenas uma parte do nosso projeto para a Campanha de Vacinação. Hoje, distribuímos panfletos, colamos adesivos nos carros e utilizamos carros de som para divulgação de informações relevantes a respeito dessas doenças. Além disso, colocamos outdoors e faixas em pontos estratégicos da cidade. No dia D, o Rotary vai se dividir em equipes que levarão a vacina para seis localidades da zona rural de Valença. Também teremos vacinação na praça central da cidade: Praça da República. Neste dia, distribuiremos pipoca, guloseimas e colocaremos um pula-pula para a diversão da criançada. Até o fim da Campanha, o Rotary, a Secretaria de Saúde e o Zé Gotinha visitarão escolas e creches que possuem crianças menores de 5 anos. Estamos juntos nesta luta!”, afirmou Camila Reis, presidente do Rotary Club de Valença.

 

A Campanha começou no dia 6 e vai até o dia 31 de agosto. Crianças entre 1 e 5 anos podem ser levadas ao posto de saúde para receber vacina, independente se já tomaram o imunizante ou não -- com exceção para quem tomou a vacina mais recentemente, nos últimos 30 dias. O Ministério da Saúde espera vacinar 11,2 milhões de crianças e a meta é chegar a pelo menos 95% delas. A Campanha tem por objetivos: Vacinar quem nunca tomou a vacina; completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as vacinas; dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente (ou seja, tomou todas as doses necessárias à proteção). No dia 18 de agosto, acontecerá o Dia D de mobilização, quando os mais de 36 mil postos de vacinação no país estarão abertos ofertando as vacinas. Esse ano, no entanto, a campanha é ainda mais importante dada à volta da circulação do sarampo no território brasileiro e a ameaça da poliomielite. Vale lembrar que a vacina contra o sarampo fica disponível o ano inteiro nos postos de saúde.

 

O Brasil tem mais de 800 casos confirmados de sarampo em 2018. Já em relação à paralisia infantil, trata-se de uma precaução, já que 312 cidades estão abaixo da meta preconizada para o controle da doença e um caso foi registrado na Venezuela em junho. Não há, contudo, casos de paralisia infantil no Brasil. O país erradicou a poliomielite do território em 1994; já o certificado de eliminação do sarampo havia sido alcançado em 2016. O Ministério informou que para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite. Já os que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha". Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da Vacina Tríplice Viral (que também protege contra caxumba e rubéola), seja qual for a situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

 

Quem deve ser vacinado?

  • Contra a poliomielite: Crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou. Em casos de nenhuma dose, será aplicada a Vacina Inativada Poliomielite. Em caso de uma ou mais doses, será aplicada a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha".

  • Contra o sarampo: Crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou.

  • Não devem ser vacinadas: Crianças de 1 até 5 anos que tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

 

 

 

 

 

Fonte: Ass. Comunicação Rotary, V1 Comunicação - Vanessa Andrade, Ministério da Saúde. 

Fotos: Ass. Comunicação Rotary Club de Valença. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 - Criado pela Agência Andrade Comunicação e Marketing 

Contate-nos: 75 9 91211904 | 75 9 98317900 | vanessa.cultura.bsul@gmail.com